Skip navigation

Social e politicamente reflectindo, evidencio o papel da linguagem dita Sexista que contribui para o desequilíbrio da balança no seio das relações sociais ou mesmo individuais entre homens e mulheres, relações estas de subordinação ou de liderança levadas ao extremo.
Quando articulo linguagem sexista com relações de dominação, refiro-me, à tendência ou tradição, em generalizar o mundo a um só sexo: ao sexo masculino. Ou seja, somos uma Sociedade Patriarcal que menospreza a “fecundidade”, a razão da procriação – a Mulher. A relação que existe entre linguagem–pensamento-mundo é uma relação dialéctica mas, em grande parte, contraditória. Alguns estudos dizem que as “presenças” são sempre feitas no masculino e que, como é óbvio, as fotos das mulheres predominam na divulgação dos Mass Media ( e as de cor negra quando é conveniente!), fotos estas que mostram duas funções redutoras da mulher: a lida da casa e a exposição corporal – duas realidades distintas mas verosímeis. Portanto, fragilmente enquadrada numa situação de exclusão e de segregação social, a mulher, ainda hoje, no Mercado de Trabalho tem um salário inferior ao do homem (ganha 30% menos do que o homem, mesmo quando têm o mesmo emprego); alguns trabalhos são considerados “extensões das tarefas domésticas” (por exemplo, o trabalho infantil); algumas mulheres são “bodes expiatórios da Sociedade”, por isso são acusadas de má Socialização e má formação dos educandos; algumas mulheres, ainda hoje, não têm direito à contracepção; algumas mulheres são alvo de mutilações genitais, físicas, psicológicas, morais, entre outras. “Crua e nua” a realidade – não acham?! Para além disso e em jeito de reforço da ideia anterior, estudos no âmbito europeu resumem o seguinte: “emprego, remuneração, formação contínua, organização do trabalho, acesso a lugares de responsabilidade, respeito pela dignidade, representação na vida pública são domínios em que as mulheres ainda não ocupam uma posição de igualdade relativamente ao homem”. Por isso, o Parlamento Europeu aposta, em si próprio, por ser um espaço de “oportunidade para as mulheres se afirmarem”. Apelo-vos a folhearem os jornais, a consultarem a realidade e, no final, fazerem o historial do menosprezo feminino. Ser Mulher é ser mais do que um corpo, é ser mais do que uma mãe, do que uma filha e essencialmente do que uma esposa: Ser Mulher é Ser Humana! No Mundo Ocidental, de acordo com as análises estatísticas, as mulheres detêm apenas 1% da riqueza mundial e ganham 10% das receitas mundiais, apesar de constituírem 49% da população; quando se considera a criação dos filhos e o trabalho doméstico, as mulheres trabalham mais do que os homens, quer no mundo industrializado, quer no mundo em vias de desenvolvimento (20% a mais no mundo industrializado, 30% no resto do mundo)…
A Realidade revê-se diariamente, as questões levantam-se mas a mentira é confrontada quando na passagem da Vida se espelha o sangue, as lágrimas e o silêncio de uma Mulher violentada, torturada, mal amada.
Ana Ferreira
anokas33@sapo.pt

Anúncios

5 Comments

  1. Você tem razão, não pudemos permitir mais essa exploração da mulher! A mulher é um ser com sentimentos e com paixão dentro de si, ela deve ser acariciada e amada… É por isso que defendo PROSTITUIÇÃO LEGALIZADA: só assim as nossas mulheres poderão ter igualdade de oportunidades… EM FRENTE FIMINISTAS!

    Jaiminho Come-todas, S. Paulo

  2. À parte tudo o resto, que passa mais ou menos numa linha bastante recta de pensamento, «a exposição corporal» é uma opção de quem a faz – independente do género – e é bem remunerada.

  3. Este blogue é vergonhoso, passem pelo meu cantinho (www.parasempremachistas.blogspot.com) e vejam como o movimento que defendem não faz sentido. cumprimentos, joaquim Mateus

  4. muito bom o vosso blog. Continuem!

  5. ó “homem da casa”, saíste de onde? dos anos 40? Tiveste educação?


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: