Skip navigation

“Se és uma jovem audaz e ambiciosa, com pretensões de singrar no campo profissional, esta oportunidade é para ti!”.
Anúncios deste tipo preenchem as páginas dos jornais diários e despertam naqueles que os lêem a curiosidade de descobrir o que neles subjaz.
Os que aceitam o desafio desconhecem que o suposto “futuro brilhante” que os espera transformá-los-á em meras marionetas nas mãos de redes criminosas. Ludibriados com falsas promessas de emprego ou estudo, encetam actividades que poderão ser terminantes nas suas vidas: prostituição (aliás, a forma mais frequente do tráfico humano), trabalho forçado (mais comum no ambiente doméstico, na agricultura, indústria, construção civil e hotelaria), pornografia, mendicidade, entre outras.
Os instrumentos de coacção utilizados pelos criminosos para a subordinação das vítimas (violência física, ameaças e/ou chantagem) malogram quaisquer tentativas de libertação, pelo que a sua permanência no circuito tem um término indefinido.A publicação de anúncios falaciosos na imprensa constitui um dos métodos de recrutamento de vítimas. No entanto, assevere-se que há outros agentes que as integram neste circuito, nomeadamente vizinhos, amigos e familiares. São movidos pelo factor económico, isto é, enganam as pessoas com quem estabelecem relações de proximidade com o intuito de rechearem os seus bolsos.
Traficar seres humanos apresenta-se, deste modo, como um negócio cada vez mais rentável. As impenetráveis redes de criminosos investem com fervor e recolhem milhões de euros a expensas do tráfico humano. Nós permanecemos impávidos e serenos, atentando exclusivamente na nossa vida e nos nossos projectos!
Anabela Santos
Anúncios

5 Comments

  1. Excelente campanha publicitária! Parabéns pela qualidade do vosso blog e pela pertinência de temas abordados!

  2. Obrigada pela visita. É interessante saber que há pessoas do outro lado do ecrã que se preocupam com este tipo de questões.

  3. Hola, Anabela
    Soy Fuensanta. Hace tiempo que no entro a tu blog porque he tenido, y aún tengo, ciertos problemas familiares, pero por fin he podido volver y veo que sigues en la misma interesante línea. He pasado también tiempo sin publicar nada en mi blog, y ahora vuelvo también.
    Como siempre, todo lo que pones me agrada y me interesa.
    Un saludo feminista.

  4. olá Aninha!! digo te uma coisa o conteudo deste blog merece aplausos.Um blog assim não passa indiferente a nenhuma MULHER.Nunca pensei encontrar assuntos tão pertinentes, e k mts vezes nem nos lembrámos k eles fazem parte da sociedade em k vivemos. Parabéns!!

  5. Obrigada “Annie”, ou melhor, Liliana pela visita. Espero que nos visites assiduamente, pois é sempre um prazer receber uma grande amiga n’O Mal da Indiferença.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: