Skip navigation

A Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (SIDA) constitui uma das doenças mais graves e mortíferas de sempre. Desde o seu aparecimento, em 1981, já provocou a morte a mais de 25 milhões de pessoas em todo o mundo e, embora se implementem estratégias para a combater, continua a proliferar agudamente.
O relatório do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre o HIV/SIDA (ONUSIDA) e da Organização Mundial de Saúde (OMS), divulgado este mês, aponta para 39,5 milhões de infectados com o vírus da SIDA. Deste número alarmante; 37, 2 milhões têm idades compreendidas entre os 15 e os 49 anos, enquanto 2, 3 milhões são crianças.
A Organização Mundial de Saúde (OMS) prevê que, em 2030, a SIDA seja a terceira causa de morte mundial, infectando 120 milhões de pessoas, uma verdadeira arma de destruição maciça!
A SIDA na África subsaariana:
A ONUSIDA estima que, em 2006; 2,8 milhões de adultos e crianças contraíram o vírus na região da África Subsaariana, um valor manifestamente superior à soma de todas as restantes regiões do planeta (1,5 milhões). Simplificando, esta região concentra 72% do total de mortes em virtude de a SIDA em 2006.
África ocidental: a maioria dos países desta região apresenta valores inferiores a 2%, pelo que, em relação a outros países da Africa subsaariana, a prevalência do vírus é muito inferior.
África oriental: a ONU salienta uma estabilização ou diminuição na prevalência da doença. A Tanzânia e o Quénia são as áreas com maior incidência.
África austral: denominada como o “epicentro” da SIDA, a região constitui um grave foco de proliferação da doença, já que nela vivem 32% do total dos infectados no mundo. A África do Sul continua a registar o maior número de casos na região, com cerca de 5,5 milhões de infectados.
Incidência da SIDA no sexo feminino:
As mulheres são as mais susceptíveis do vírus da SIDA na região da Africa subsaariana, pois em todos os grupos etários, 59% dos portadores de HIV são mulheres.
Na Ásia, Europa de Leste e América regista-se também um aumento da proporção de mulheres portadoras de HIV.
Nas Caraíbas, Médio Oriente, Norte de África e Oceânia um em cada 10 adultos afectados pela SIDA é do sexo feminino.
[Sugestões: Agora existo (RTP1, às 00h:45/30 de Novembro); The Age of AIDS (RTP1, às 00h:45/ dia 1 de Dezembro)]
Anabela Santos

One Comment

  1. Nasceu um novo espaco de amizades e encontros, com videochat, mapas, blogs, albuns de fotos, videoteca, música e noticias sobre Africa! http://www.africamente.com


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: