Skip navigation

O Longo Caminho das Mulheres – Feminismos 80 anos depois” percorre o feminismo português desde o seu despoletar, em 1920; e dá a conhecer as suas apologistas, integrando a actuação do movimento na História do nosso país.

Destaca as temáticas que os feminismos da viragem do século enfatizavam, designadamente as sexualidades, a luta pela despenalização do aborto, a violência exercida sobre as mulheres, os «estudos sobre as mulheres», a agência e o sujeito feminista, as mulheres nas esferas «pública» e o «privada», o “ciberfeminismo”, entre outras.

O livro é ainda recheado com a última entrevista concedida pela única mulher que desempenhou o cargo de primeiro-ministro em Portugal, Maria de Lourdes Pintasilgo.

A autoria é de Lígia Amâncio, Manuela Tavares, Teresa Joaquim e Teresa Sousa de Almeida.

Em todo o mundo, milhares de mulheres são vítimas dos actos mais atrozes, como a mutilação genital, abusos sexuais, crimes de honra, tráfico, violência física, psíquica e moral.

O Livro Negro da Condição das Mulheres”, organizado por Christine Ockrent, compila inúmeros artigos, relatos, perfis e estudos internacionais que delineiam a turva condição feminina na actualidade. Os contributos portugueses chegam da jornalista Sofia Branco, com um artigo sobre a mutilação genital feminina em Portugal, e da Manuela Tavares, com um levantamento sobre a questão do aborto no nosso país.

Anabela Santos
Anúncios

One Comment

  1. óptimas leituras! Vão estar no meu blog 🙂 Obrigada!

    http://psicocoisas.blogspot.com


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: