Skip navigation

Os contributos literários de teor reivindicativo de Olympe de Gouges e Mary Wollstonecraft, no século XVIII, inauguraram o pensar e sentir feminista, mas a assunção efectiva do feminismo enquanto movimento só aconteceu com a aprovação da Declaração de Seneca Falls, nos EUA, em 1848.Com efeito, este documento apresentou, pela primeira vez, a filosofia feminista, denunciando paralelamente os cárceres discriminatórios impostos às mulheres, nomeadamente a recusa em outorgar-lhe o direito ao voto.

A História da Humanidade é a história das repetidas vedações e usurpações por parte do homem em relação à mulher, e cujo objectivo directo é o estabelecimento de uma tirania absoluta sobre ela”. [Declaração de Seneca Falls, 1848]

Privaram-na deste primeiro direito de todo o cidadão, o sufrágio, deixando-a, assim, sem representação nas assembleias legislativas, oprimiram-na desde todos os ângulos”.

No século XIX, as mulheres não detinham qualquer estatuto nas esferas pública e privada nos EUA. Quando eram solteiras, viviam sob a autoridade da figura paterna; quando contraíam matrimónio, os seus maridos tornavam-se os seus representantes. Independentemente do seu estado civil, as mulheres estavam desprovidas de vontade própria e subordinadas ao comando masculino como se tratassem de marionetas.

Moralmente converteram-na num ser irresponsável, já que pode cometer qualquer delito com impunidade, desde que seja cometido na presença do marido”.Na segunda metade do século XIX, os EUA concederam o voto aos escravos libertados, mas mantiveram a exclusão das mulheres. Em resposta ao sucedido, a redactora da Declaração de Seneca Falls, Elisabeth C. Stanton, e a feminista Susan B. Anthony fundaram a primeira associação do feminismo radical americano – a National Woman Suffrage Association –, em 1869.

O esforço e veemência investidos nas reivindicações pelas norte-americanas deram o seu primeiro fruto, em 1920, com a extensão do direito ao voto às mulheres. Esta vitória não escondeu, contudo, as sucessivas e amargas disputas e as futuras batalhas que se iriam travar em nome de uma Igualdade ignorada pela maioria.

Anabela Santos
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: