Skip navigation

A violência no namoro atinge um em cada quatro jovens, dos 15 aos 25 anos, conclui um estudo coordenado por Carla Machado, investigadora da Universidade do Minho, avança hoje o “Diário de Notícias”.

Dos 4730 jovens inquiridos para esta investigação, 30 por cento dizem ter agredido o parceiro e 20 por cento admitem ter sido vítimas. Os rapazes são os que agridem com maior gravidade, infligindo murros e pontapés. “Em geral, vítimas e agressores não percebem que a violência não é aceitável”, segundo Carla Machado.

O estudo mostra que as novas gerações começam a agredir-se cada vez mais cedo e chegam a tolerar a violência sexual. A violência “não é coisa de adultos que desaparece com a mudança de geração”, comenta a investigadora.

Este estudo identificou níveis de violência física e psicológica no namoro muito próximos aos encontrados num outro estudo, de 2003, com adultos em contexto conjugal.

O estudo “Violência física e psicológica em namoro heterossexual” é um de sete trabalhos previstos por uma equipa de investigadoras, coordenada por Carla Machado.

Fonte: PÚBLICO

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: