Skip navigation

Na Argentina, cerca de 90 por cento das vítimas de tráfico humano não colabora nas investigações policiais, o que constitui um dos maiores obstáculos ao combate a este crime. O silenciamento das vítimas e consequente recusa em cooperar com os agentes policiais devem-se a inúmeros factores, designadamente à inexistência de um sistema de protecção das vítimas de tráfico humano no país.

De acordo com o membro da Unidade Fiscal de Delitos Ficais, Aldo de la Fuente, “praticamente todas as pessoas que são resgatadas das máfias dizem que aí porque quiseram. É muito difícil encontrar alguém que conte a verdade”. Sob coacção e chantagem, as vítimas – mulheres, homens e crianças – preferem omitir os factos a expor a verdade. Para De la Fuente, a actuação das ONG’s adquire suma importância na optimização do sistema de protecção das vítimas, sendo agentes geradores de redes de acolhimento que o Estado argentino não possui.   

Um dos problemas mais significativos que se erigem à erradicação do tráfico humano no país de Kirchner é “a corrupção policial, judicial e política que existe”. Nos últimos anos, porém, a Argentina reestruturou as suas plataformas de investigação e combate ao tráfico de seres humanos. “Antes a vítima era mais um objecto da investigação, mas agora todo o trabalho gravita à volta dela”, asseverou de la Fuente.    
 

Anabela Santos

3 Comments

  1. Se, de facto, elas não falam será porque têm medo e não se sentem protegidas pelas pessoas a quem deveriam falar.

  2. É uma questão bastante delicada
    pois trafico humano e um assunto global que
    envolvem pessoas e como todas pessoas tem medo
    fica cada ves mas dificil e pra completa
    nem todos se importa com a questão
    muitos acham que não vai acontecer com seus
    filho mas isso deve mudar pois isso acontece bem
    nas esquinas da sua casa ou com seus proprios filhos querendo ser modelos…
    Por isso que eu acho que assunto como esses deve
    ser sim tratado nas escolas não apenas particulares mas tambem publicas

  3. Olá,

    Costumo afirmar que nos últimos 500 anos, a humanidade pouco evoluiu.
    Pode ter acontecido um desenvolvimento tecnológico, mas as maneiras como este é utilizado nem sempre são as melhores.
    As relações entre as pessoas são cada vez mais distantes e a indiferença e a ganância são cada vez mais evidentes.
    Assim não é de admirar que casos como o deste artigo sejem cada vez mais comuns.

    Parabéns pela excelente qualidade do teu blog.

    José


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: